ISP divulga dados do mês de fevereiro 2018

Karina Nascimento
02/04/2018 15:01h

O Instituto de Segurança Pública (ISP) divulga hoje as incidências Criminais e Administrativas de Segurança do Estado do Rio de Janeiro referentes ao mês de fevereiro de 2018. Os dados são referentes aos Registros de Ocorrência (RO) lavrados nas delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro durante o mês.

Em fevereiro deste ano, foram registradas 561 vítimas de letalidade violenta no estado do Rio de Janeiro. Esse número indica uma queda de 57 vítimas em relação ao mesmo mês de 2017 (ou 9,2% a menos). Em relação ao mês de janeiro de 2018, houve 88 vítimas a menos.

Devido à paralisação de algumas atividades da Polícia Civil, iniciada em janeiro de 2017 e encerrada em abril de 2017, houve uma atípica subnotificação de determinados delitos nesse período. Registros de crime ao patrimônio, com exceção de roubo e furto de veículos, foram especialmente afetados. Por isso, não é recomendado comparar o número de registros de fevereiro de 2018 com o registrado no mesmo mês do ano passado. Para exemplificar, a tabela a seguir evidencia como os números de registros de roubo de rua em janeiro e fevereiro de 2017 ficaram muito abaixo dos números registrados nos mesmos meses do ano anterior. Uma estimativa calculada pelo ISP mostrou que o número de registros de roubo de rua em fevereiro de 2017 representou cerca de 26% do total do que seria observado caso não tivesse havido a paralisação.

Cabe ressaltar que os registros dos títulos de Letalidade Violenta (Homicídio Doloso, Latrocínio, Homicídio Decorrente de Oposição à Intervenção Policial e Lesão Corporal Seguida de Morte) e Roubo de Veículo não foram afetados, pois os registros desses delitos continuaram a ser feitos nas delegacias.

Outros registros impactados pela paralisação foram: roubo de aparelho celular, roubo a transeunte, roubo em coletivo, roubo de carga, roubo a banco, roubo de caixa eletrônico, roubo a residência e roubo a estabelecimento comercial.  O resumo de alguns indicadores (fevereiro de 2018) não afetados pela paralisação encontram-se a seguir:

 

Para ter acesso aos índices oficiais do estado, clique aqui.

 

Resumo de alguns indicadores (fevereiro de 2018):

• Homicídio doloso – Redução de 13,1% em relação a fevereiro de 2017 (503 em 2017 – 437 em 2018).
• Letalidade violenta (homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e homicídio decorrente de oposição à intervenção policial) – Redução de 9,2% em relação a fevereiro de 2017 (618 em 2017 – 561 em 2018).
• Policiais civis e militares mortos em serviço – Aumento de uma vítima em relação a fevereiro de 2017 (1 em 2017 – 2 em 2018).
• Homicídio decorrente de oposição à intervenção policial – Aumento de 17,6% em relação a fevereiro de 2017 (85 em 2017 – 100 em 2018).
• Roubo de veículo - Aumento de 11,8% em relação a fevereiro de 2017 (4.286 em 2017 – 4.792 em 2018).


Indicadores de produtividade policial (fevereiro de 2018):

• Armas apreendidas – Aumento de 19,0% em relação a fevereiro de 2017 (569 em 2017 – 677 em 2018).
• Apreensão de drogas – Aumento de 25,4% em relação a fevereiro de 2017 (1.266 em 2017 – 1.588 em 2018).
• Recuperação de veículos – Aumento de 42,7% em relação a fevereiro de 2017 (2.307 em 2017 – 3.292 em 2018).
• Cumprimento de mandado de prisão – Aumento de 36,3% em relação a fevereiro de 2017 (879 em 2017 – 1.198 em 2018).



Assessoria de Imprensa do Instituto de Segurança Pública – ISP
Karina Nascimento - Tel: 2332-9690/ 98596-5264
e-mail: knascimento.isp@gmail.com / imprensaisp@gmail.com
www.isp.rj.gov.br

Visitantes: 517416
INSTITUTO DE SEGURANÇA PÚBLICA: Avenida Presidente Vargas, nº 817 - 16º andar - Centro CEP: 20.071-004 - Rio de Janeiro/RJ
Chefia de Gabinete - 2332-9709 / Comunicação Social 2332-9690 / Conselhos Comunitários de Segurança - CCS - 2332-9648 / 9693
Horário de Funcionamento do Protocolo: 09:00 às 17:00 horas
Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados