ISP divulga dados do mês de março de 2017

Karina Nascimento
28/04/2017 15:00h

O Instituto de Segurança Pública (ISP) divulga hoje as incidências Criminais e Administrativas de Segurança do Estado do Rio de Janeiro referentes ao mês de março de 2017. Os dados são referentes aos Registros de Ocorrência (RO) lavrados nas delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro durante o mês de março de 2017. Devido à paralisação de algumas atividades da Polícia Civil, iniciada em janeiro de 2017, houve uma atípica subnotificação de determinados delitos. Uma parte dos registros on-line que foram efetuados nesse período começou a ingressar no sistema da Polícia Civil no mês de março, passando a fazer parte das estatísticas do delito nesse mês – os dados divulgados pelo ISP são relativos à data da comunicação do fato. Por isso, não é recomendado fazer comparações temporais de alguns delitos com base nos dados de janeiro, fevereiro e março. Cabe ressaltar que os títulos de Letalidade Violenta (Homicídio Doloso, Latrocínio, Homicídio Decorrente de Oposição à Intervenção Policial e Lesão Corporal Seguida de Morte) e Roubo de Veículo não foram afetados, pois os registros desses delitos continuaram a ser feitos nas delegacias.

Para ter acesso aos índices oficiais do estado,clique aqui.

Para acessar o resumo de indicadores com mais informações sobre as áreas do estado, clique aqui

Resumo de alguns indicadores (março de 2017):

• Homicídio Doloso – Aumento de 11,7% em relação a março de 2016 (445 em 2016 – 497 em 2017).
• Letalidade Violenta (Homicídio Doloso, Latrocínio, Lesão Corporal Seguida de Morte e Homicídio Decorrente de Oposição à Intervenção Policial) – Aumento de 23,8% em relação a março de 2016 (526 em 2016 – 651 em 2017).
• Policiais Civis e Militares Mortos em Serviço – Redução de três vítimas em relação a março de 2016 (4 em 2016 – 1 em 2017).
• Homicídio Decorrente de Oposição à Intervenção Policial – Aumento de 96,7% em relação a março de 2016 (61 em 2016 – 120 em 2017).
• Roubo de Veículo - Aumento de 47,5% em relação a março de 2016 (3.392 em 2016 – 5.004 em 2017).
• Feminicídio – No mês de março de 2017 foram registradas 6 vítimas no estado.
• Tentativa de Feminicídio – No mês de março de 2017 foram registradas 25 vítimas no estado.

Indicadores de produtividade policial (março de 2017):

• Armas Apreendidas – Redução de 10,2% em relação a março de 2016 (856 em 2016 – 769 em 2017), sendo 41 fuzis.
• Prisões (Guia de Recolhimento de Preso) – Redução de 5,6% em relação a março de 2016 (3.747 em 2016 – 3.539 em 2017).
• Prisões (Auto de Prisão em Flagrante e Cumprimento de Mandado) – Redução de 9,2% em relação a março de 2016 (4.788 em 2016 – 4.348 em 2017).
• Apreensões de Adolescentes (Guia de Apreensão de Adolescente Infrator) – Redução de 18,6% em relação a março de 2016 (1.011 em 2016 – 823 em 2017).
• Apreensões de Adolescentes (Apreensão de Adolescente por Prática de Ato Infracional e Cumprimento de Busca) – Redução de 18,6% em relação a março de 2016 (1.038 em 2016 – 845 em 2017).


Assessoria de Imprensa do Instituto de Segurança Pública – ISP
Karina Nascimento - Tel: 2332-9690/ 98596-5264
e-mail: knascimento.isp@gmail.com / imprensaisp@gmail.com
www.isp.rj.gov.br

Visitantes: 517416
Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados