Quem Somos

Criado em 1999, o Instituto de Segurança Pública (ISP) é uma autarquia vinculada diretamente à Secretaria de Estado de Segurança do Rio de Janeiro. Sua missão é produzir informações e disseminar pesquisas e análises com vistas a influenciar e subsidiar a implementação de políticas públicas de segurança e assegurar a participação social na construção dessas políticas.

Ética e transparência da informação são parte de nossos valores: os dados das ocorrências criminais registradas no estado do Rio de Janeiro são divulgados mensalmente pelo ISP.

Além de divulgar os dados relativos à segurança pública, o ISP realiza análises, projetos e pesquisas regularmente. As pesquisas realizadas pelo ISP visam a subsidiar a gestão de segurança pública no estado e o debate público sobre o tema, com o tratamento científico de seus principais problemas.

Para conhecer melhor as atividades desenvolvidas pelo ISP, clique aqui.

Uma das grandes conquistas do ISP é a ampliação da atuação dos Conselhos Comunitários de Segurança (CCS). Os conselhos são, hoje, uma maneira de viabilizar e incentivar a troca de experiências, opiniões e demandas da sociedade civil em relação às questões relacionadas à segurança pública local. Os CCS assim se estabelecem como um novo canal de comunicação entre a comunidade e as polícias, na busca comum pela redução da violência.

Após realizar seu planejamento estratégico, em 2013, o ISP estabeleceu novas missão, visão, princípios e valores. Todos esses quesitos se tornaram peças-chave no cotidiano do Instituto, auxiliando seu desenvolvimento e pautando suas ações na área de segurança pública.

 

MISSÃO:

Produzir informações e disseminar pesquisas e análises com vistas a subsidiar a implementação de políticas  públicas de segurança e assegurar a participação social na construção dessas  políticas.

 

VISÃO:

Consolidar o ISP como órgão de referência na produção de conhecimento e promoção da participação social em  segurança pública.


PRINCÍPIOS E VALORES:

Ética;

Transparência na divulgação de dados e metodologias;

Fidelidade às informações apuradas;

Cooperação com os órgãos de segurança pública para o desenvolvimento de políticas públicas;

Efetividade e celeridade no desempenho de suas atribuições;

Excelência na produção e disseminação do conhecimento;

Valorização dos profissionais de segurança pública e da participação da sociedade civil nessa área;

Desenvolvimento de estudos e proposição de projetos  inerentes à segurança pública.






Visitantes: 517416
Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados